Produtividade do Milho Safrinha Consorciado com Pé-de-Galinha Gigante (Eleusine Coracana) Semeado em Diferentes Épocas

  • Tiago Rodrigo Weber
  • Flávio Carlos Dalchiavon Instituto Federal de Mato Grosso, Campus Campo Novo do Parecis, Departamento de Agronomia.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade do milho safrinha consorciado com o capim pé-de-galinha semeado em diferentes épocas, em Campo Novo do Parecis em 2013. Utilizaram-se blocos casualizados, cinco tratamentos e quatro repetições: milho solteiro; milho com pé-de-galinha gigante (E. coracana), semeado simultaneamente; E. coracana, semeado 15 dias após a semeadura do milho (DASM); E. coracana, semeado 30 DASM e E. coracana, semeado 45 DASM. Avaliou-se a produtividade de massa fresca e seca, a relação massa seca/fresca, altura de planta e de inserção de espiga, comprimento de espiga, diâmetro de colmo e de espiga, número de fileiras de grãos, massa de mil grãos e produtividade de grãos. O consorcio simultâneo interferiu negativamente na massa seca, comprimento de espiga e produtividade de grãos de milho, entretanto, foi o único tratamento que possibilitou a emergência e o desenvolvimento do E. coracana. A produtividade de massa seca do E. coracana, consorciado simultaneamente com o milho mostrou-se eficiente, sendo o único tratamento a emergir e se desenvolver, produzindo 7,7 t ha-1 de massa seca. A semeadura a lanço do E. coracana a partir dos 15 dias após a emergência do milho não se mostrou viável nas condições em que o presente estudo foi desenvolvido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do autor

Tiago Rodrigo Weber
Instituto Federal de Mato Grosso, Campus Campo Novo do Parecis, Departamento de Agronomia.
Publicado
17-01-2017
Como Citar
WEBER, Tiago Rodrigo; DALCHIAVON, Flávio Carlos. Produtividade do Milho Safrinha Consorciado com Pé-de-Galinha Gigante (Eleusine Coracana) Semeado em Diferentes Épocas. Profiscientia, [S.l.], n. 10, jan. 2017. ISSN 1806-0285. Disponível em: <http://www.profiscientia.ifmt.edu.br/profiscientia/index.php/profiscientia/article/view/78>. Acesso em: 20 nov. 2017.
Seção
Artigos