BEM-ESTAR ANIMAL NA BOVINOCULTURA DE CORTE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Luzia Almeida Couto
Jéssica Souza Coqueiro
Natalia Cristina Gonçalves Martins

Resumo

O Brasil se destaca como um dos principais líderes mundiais na produção e comercialização de carne bovina, consequência derivada de um sistema estruturado e bem desenvolvido que proporcionou aumento significativo da produtividade e melhoramento da qualidade do produto ofertado. Diante do exposto, este trabalho objetivou-se na realização de estudos de literatura, sobre os aspectos relacionados ao bem-estar animal e a sua importância sobre a produtividade na pecuária de corte. A metodologia aplicada neste estudo, segue como base uma revisão sistemática conforme a utilizada por Bonsere et al. (2020). O termo “Bem-estar animal” recebe significados distintos dentro da sociedade. Com isso, há diversos debates dentro da comunidade científica no que se refere a sua designação, sobretudo, em relação a sua aplicação nos contextos científicos e produtivos. Torna-se cada vez mais importante estabelecer os fundamentais conceitos sobre o bem-estar animal. Sobretudo, é indispensável seguir critérios e técnicas para garantir condições adequadas que melhoram a qualidade de vida dos bovinos de corte. Assim, há a constante necessidade da criação de manuais e protocolos para boas práticas de manejo e auditorias sobre bem-estar. Diante do exposto neste trabalho, evidencia-se a importância de boas práticas de bem-estar na bovinocultura de corte, uma vez que, além de influenciar diretamente na qualidade da carne e na produtividade, o mercado torna-se cada vez mais exigente por metodologias de manejo que proporcionam um ambiente confortável e em boas condições para a vivência dos bovinos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Ciências Agrárias
Biografia do Autor

Jéssica Souza Coqueiro

Graduanda no curso superior Tecnologia em Agroindústria, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - Campus Guanambi.

Natalia Cristina Gonçalves Martins, Universidade Estadual de Goiás. 

Técnica em Agropecuária - Instituto Federal Goiano - campus Hidrolândia; Graduanda em Medicina Veterinária - Universidade Estadual de Goiás. 

Referências

AGRODEFESA - AGÊNCIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS. Inspeção de Produtos de Origem Animal, PAC 16- Bem-Estar Animal e Abate Humanitário. 2016. Goiânia, GO, 72p. Disponível em:. Acesso: 08 de junho de 2020.
ALVES, A. R.; JÚNIOR, J. P. F.; SANTANA, M. H. M.; DE ANDRADE, M. V. M.; LIMA, J. B. A.; DA SILVA PINTO, L.; DE MEDEIROS RIBEIRO, L. Efeito do estresse sobre a qualidade de produtos de origem animal. PUBVET, v. 10, p. 448-512, 2016.
ALVES, F. V.; PORFÍRIO-DA-SILVA, V.; KARVATTE JUNIOR, N. Bem-estar animal e ambiência na ILPF. Embrapa Gado de Corte-Capítulo em livro científico (ALICE), 2019.
AMARAL, J. B.; TREMORI, T. M.; D’ALENCAR, A. S.; TREVISAN, G. Abate humanitário e insensibilização em bovinos na perspectiva da medicina veterinária legal: Revisão. PUBVET, v. 13, p. 148, 2019.

BERLITZ, C.G.B. Impacto do estresse ambiental na reprodução de bovinos de corte. Trabalho de Conclusão de Curso. 2019.
BONSERE, W. C. P.; DE LUCENA MIORANZA, S.; DE FARIÑA, L. O.; DOS SANTOS, K. C.; AYALA, T. S. Surtos de criptosporidiose em humanos: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Meio Ambiente, v.8, n. 2, 2020.
BORGES, T. D. Impacto do estresse no bem-estar dos animais e na qualidade da carcaça e da carne. Tese de doutorado. 2016.
BOTELHO, L. F. S. Avaliação de manejo pré-abate e bem-estar-animal em bovinos abatidos em abatedouro frigorífico no Estado de Minas Gerais, inspecionados e fiscalizados pelos serviços oficiais. Dissertação. 2018.
Brasil. Conselho Nacional de Trânsito. Resolução 675, de 21 de junho de 2017. Dispõe sobre Transporte de Animais de Produção ou de Interesse Econômico, de Esporte, de Lazer e de Exposição. Brasília. 2017.
Brasil. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Decreto nº 9013 de 29 de março de 2017. Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal – RIISPOA. Brasília. 2017.
Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 12, de 11 de maio de 2017. Normatização de Credenciamento de Entidade para Realizar o Treinamento em Manejo Pré-abate e Abate de Animais com Fins de Capacitar e emitir Certificado de Aptidão dos Responsáveis pelo Abate Humanitário em Estabelecimentos de Abate para Fins Comerciais. Brasília. 2017.
CEZÁRIO, G. V.; MAGRINELLI, G. C.; SANTOS, J. M. G. D.; ANDREAZZI, M. A. USO DE ANTIBIÓTICOS NA PRODUÇÃO DE SUÍNOS. 2019.
CUNHA, C. F. D. C. Análise de viabilidade da produção de carne bovina premium via confinamento. Tese de Doutorado. 2020.
DE MELLO BLISKA, F. M.; GUILHOTO, J. J. M. Importância dos setores de produção e de abate e processamento animal para a economia brasileira. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 39, n. 1, p. 9-34, 2019.

DE SOUZA, B. M. S.; GONÇALVES, G. A. A importância do abate humanitário e bem-estar animal na cadeia de produção da carne bovina. Revista Científica de Medicina Veterinária-UNORP, v. 1, n. 1, p. 40-55, 2017.
DEL CAMPO, M.; DA COSTA, M. P.; SANT’ANNA, A. C. Bem-estar animal: Sistemas de produção, práticas de manejo e qualidade da carne. Bem estar animal como valor agregado nas cadeias produtivas de carnes. Paranhos da Costa, MJR and Sant’Anna, AC, eds. Funep, Jaboticabal, SP, p. 94-107, 2016.
FRANCO, B. M. R.; DE OLIVEIRA SANS, E. C.; SCHNAIDER, M. A.; SORIANO, V. S.; MOLENTO, C. F. M. Atitude de consumidores brasileiros sobre o bem-estar animal. Revista Acadêmica Ciência Animal, v. 16, p. 1-11, 2018.
INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Indicadores IBGE - Estatística da Produção Pecuária. jul.-set. 2019. Disponível em . Acesso em 29 de Maio de 2020.
INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Em 2017, cresce abate de bovino e suínos, mas cai o de frangos. Disponível em: ; Acesso em: 06 de junho de 2020.
KELLER, O. D.; ALVES, R. D. S.; LIZ, N. D.; NIGELISKII, A. F.; CARDOSO, S.; KINDLEIN, L. Relação dos indicadores de bem-estar no pré-abate de bovinos com a presença de contusão de carcaças. Jornada NESPro (14.: 2019: Porto Alegre). Anais [recurso eletrônico]. Porto Alegre: UFRGS, 2019.
LEIRA, M. H.; REGHIM, L. S.; CUNHA, L. T.; ORTIZ, L. S.; DE OLIVEIRA PAIVA, C.; BOTELHO, H. A.; DIAS, N. P. P. Bem-estar dos animais nos zoológicos e a bioética ambiental. Pubvet, v. 11, p. 538-645, 2017.
LOBO, A. A. G. Estudo da relação entre indicadores de estresse pré-abate com características qualitativas e metabolismo muscular pós-morte de bovinos terminados a pasto. Tese de Doutorado. 2019.

MELO, F. A. Bem-estar animal: influência na produção de bovinos de corte. Trabalho de Conclusão de Curso. 2018.
MENDES, A.; DA ROSA, F. R.; GALVANI, D. Z.; DOS SANTOS PINHO, A. Análise do manejo pré-abate de bovinos de corte em quatro propriedades rurais. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 9, n. 2, 2017.
MENDONÇA, F. S.; VAZ, R. Z.; COSTA, O. A. D.; GONÇALVES, G. V. B.; MOREIRA, S. M. Fatores que afetam o bem-estar de bovinos durante o período pré-abate. Archivos de zootecnia, v. 65, n. 250, p. 279-287, 2016.
MENDONÇA, P. S. M.; DE OLIVEIRA CAETANO, G. A. Abate de bovinos: Considerações sobre o abate humanitário e jugulação cruenta. PUBVET, v. 11, p. 1188-1297, 2017.
MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA), 2016 – disponível em: http://www.agricultura.gov.br/animal/bem-estaranimal/auditorias acesso em: 29/05/2016.
MOTA, R. G; MARÇAL, W. S. Comportamento e bem-estar animal de bovinos confinados: Alternativas para uma produção eficiente, rentável e de qualidade: Revisão bibliográfica. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal: RBHSA, v. 13, n. 1, p. 125-141, 2019.
NAVOLAR, F. M. N.; DE PAULA, G. R.; PEREIRA, T. P. S. Bem-estar em animais de produção. Ciência Veterinária UniFil, v. 1, n. 2, 2018.
NETO, O. A. O Brasil no mercado mundial de carne bovina: análise da competitividade da produção e da logística de exportação brasileira. Ateliê Geográfico, v. 12, n. 2, p. 183-204, 2018.
NEVES, F. d. O. Qualidade da carcaça e carne de novilhas angus-nelore em sistemas integrados de produção agropecuária. Dissertação. 2020.
OLIVEIRA, A. J. T. d. Influência do manejo pré-abate no rendimento de carcaças bovinas. Trabalho de Conclusão de Curso. 2019.
PEREIRA, T. L.; CORASSA, A.; NETO, A. P.; KOMIYAMA, C. M.; LEITE, R. G. Manejo pré-abate, parâmetros fisiológicos do estresse e seus efeitos na qualidade da carne suína: revisão. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 20, n. 2, 2017.

PORTAL DA EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Brasília – DF. Processamento da Carne Bovina. Disponível em: . Acesso em: 09 de jun. de 2020.
QUEIROZ, R. G. Percepções a respeito do bem-estar animal no Brasil. Dissertação. 2018.
SANTOS, F. V. d. A. Entraves na cadeia produtiva de carne bovina no Brasil: uma revisão bibliográfica. Trabalho de Conclusão de Curso. 2017.
SILVA BRAGA, J.; MACITELLI, F.; DE LIMA, V. A.; DIESEL, T. O modelo dos “Cinco Domínios” do bem-estar animal aplicado em sistemas intensivos de produção de bovinos, suínos e aves. Revista Brasileira de Zoociências, v. 19, n. 2, 2018.
SILVA, J. L.; BERTOLONI, W.; DE ABREU RIBEIRO, J. S. Indicadores de estresse e qualidade de carne de bovinos transportados em diferentes tipos de caminhões (tradicional, carreta de um piso e carreta de dois pisos) e diferentes distâncias na região de cuiabá/mt/brasil. Archives of Veterinary Science, v. 21, n. 3, 2016.
SILVA, T. H. V.; YADA, M. M. Abate humanitário na bovinocultura de corte. Revista Interface Tecnológica, v. 15, n. 2, p. 392-403, 2018.
SILVEIRA, I. D. B.; DE CONTO, L.; RIBEIRO, L. A.; KUHL, F. N. Perfil do consumidor de carne bovina e seu conhecimento do bem-estar animal na cidade de Pelotas–RS. Revista Científica Rural, v. 19, n. 1, p. 51-59, 2017.
SOUSA, I. K.; SOUSA, R. S.; MORI, C. S.; MORINI, A. C.; NEVES, K. A.; MINERVINO, A. H.; ORTOLANI, E. L. Influência da suplementação com cromo orgânico no desempenho de bezerros de corte submetidos ao estresse da desmama. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 40, n. 2, p. 97-101, 2020.
VIEIRA, F.; TEIXEIRA, I.; LEMES, J.; MARTINS, L. Segurança alimentar na produção de carne bovina. Anuário de Produções Acadêmico-científicas dos discentes da Faculdade Araguaia, v. 7, n. 1, p. 01-08, 2018.
WATANABE, G. E. O desenvolvimento da avicultura no Brasil e as tendências para os próximos anos. Trabalho de Conclusão de Curso. 2016.

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)