INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL: BALANÇO SOCIAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS COM CERTIFICAÇÃO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DE MATO GROSSO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

KARINE FÁTIMA DE MORAES ASSUNÇÃO CAMPOS
Marcelo Ednan Lopes da Costa

Resumo

Este é um estudo cujo o objetivo é analisar se os valores investidos em indicadores sociais e ambientais, extraídos dos Balanços Sociais divulgados no site da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso acompanham o crescimento da Receita Bruta das empresas certificadas, edições publicadas entre 2006 e 2016. A metodologia utilizada foi a descritiva exploratória, através da análise documental foram extraídos os dados histórico numérico dos balanços para posterior mensuração do comprometimento sustentável das microempresas e empresas de pequeno porte em nível de valores de investimentos. De acordo com os resultados da pesquisa, houveram investimentos de 0,66% em indicador social e 0,001% no indicador meio ambiente, relacionado ao faturamento bruto dos anos pesquisados, sendo o setor de comércio o que mais realiza investimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Multidisciplinar

Referências

AGENDA 21. United National Conference on Environmental and Development. Rio de Janeiro, 1992.
BARBIERI, J. C. Gestão ambiental empresarial: conceito, modelos e instrumentos. 2.ed. São Paulo. Editora Saraiva, 2007.
AL-TUWAIJRI, S. A.; CHRISTENSEN, T. E.; HUGHES II, K. E. The relations among environmental disclosure, environmental performance, and economic performance: a simultaneous equation approach . Accounting, Organization and Society, 2004.

B3. Brasil, Bolsa, Balcão. Disponível em: . Acesso em: 20 out.2019.

BARBOSA, G. S.; DRACH, P. R.; CORBELLA, O. D. A Conceptual Review of the Terms Sustainable Development and Sustainability. International Journal of Social Sciences, v. III, n. 2, 2014.
BRASIL. Resolução CFC nº 1.185/09. Conselho Federal de Contabilidade. Disponível em: . Acesso em: 19 fev.2019.
COMISSÃO MUNDIAL SOBRE O MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO. Nosso futuro comum. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 1991.

ETHOS. Indicadores Ethos de Responsabilidade Social empresarial. Disponível em: . Acesso em: 17 out.2018.

HOFER, R. Sustainable Solutions for Modern Economies. Londres: Royal Society of Chemistry, 2009.
Global Reporting Initiative. Disponível em: . Acesso em: 20 out.2019.
GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

IBASE. Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômica. Disponível em . Acesso em: 17 out.2018.

KROETZ, C. E. S. Contabilidade Social. Ijuí: Rio Grande do Sul, 1999.

LOFFLER, E. B.; ALMEIDA, J. C. R.; LOFFLER, J. J. Evidenciação dos indicadores ambientais divulgados no balanço social das empresas com certificação de responsabilidade social do estado de mato grosso. Educação ambiental em ação, 2018.

MATO GROSSO. Lei nº 7.958, de 25 de setembro de 2003. Disponível em: . Acesso em: 25 set.2019.

MATO GROSSO. Lei nº 10.741, de 13 de agosto de 2018. Disponível em: . Acesso em: 25 set.2019.

MILANI FILHO, M. A. F. Responsabilidade Social e Investimento Social Privado: Entre o Discurso e a Evidenciação. R. Cont. Fin. - USP, São Paulo - v. 19, n. 47, p. 89 – 101, maio/agosto 2008.

MOLDAN, B.; BILLHARZ, S.; MATRAVERS, R. Sustainability indicators: A report on the project
on indicators of sustainable development. Chichester: Wiley, 1997.

SEIFFERT, M. E. B. Gestão ambiental: instrumentos, esferas de ação e educação ambiental/ 2. ed. – São Paulo: Atlas, 2011.
TODOROV, V.; MARINOVA, D. Modeling sustainability. Mathematics and Computers in Simulation, 2011.

VAN BELLEN, H. M. Indicadores de sustentabilidade: uma análise comparativa. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2005.

VERGARA, Sylvia C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3.ed. Rio de Janeiro: Atlas, 2000.

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)